segunda-feira, 4 de maio de 2015

A galera deu um Rolezinho Liberal maneiro na festa de sábado e curtiu de montão!! Nesta véspera do dia das mães a Festa É Dando Que Se Recebe vai ser em homenagem à elas, vem com a gente!!


Rolou mais uma!! A Festa Rolezinho Liberal bem no meio do feriado prolongado do dia do trabalhador, chamou a galera para curtir, se divertir, beber, dançar e swingar a vontade na casa mais apimentada do Rio.

E a galera compareceu e fez tudo aquilo que tinha vontade de fazer, o clima ficou ótimo como em todos os sábados; recebemos os liberais mais seletos e animados do swing carioca e juntos fizemos mais uma festa cheia de aventuras e picardia, para swingueiro nenhum colocar defeito!

Claro que um feriadão desses mexe um pouco com o movimento, mas como no nosso caso a preocupação não é com a quantidade e sim com a qualidade de quem frequenta a festa que é exclusiva para quem é do meio, sempre fica show!

Quem veio, estava realmente muito afim de dar um rolezinho e se liberar para realizar suas fantasias mais secretas e apimentar a relação fugindo da rotina e da mesmice.

Muito bom poder receber amigos, gente bonita, animada, educada e acima de tudo de bem com a vida e com suas convicções e desejos.

Abrimos a pista pontualmente as 21:30 com deejay Finno tocando um pouco de todos os ritmos e esquentando a galera a medida que iam chegando na festa e se acomodando nos sofás e mesas disponíveis na boate.

Alguns já arriscavam os primeiros passos, enquanto que outros preferiam ir ao terraço ou já circular pelo labirinto, dark room ou nos corredores de suítes, tudo liberado desde a abertura da casa para melhor atender as necessidades e desejos de cada um.

A promoção da cerveja e ice dose dupla rolou a noite toda, dando uma forcinha para quem se queixava de estar no inicio do mês e antes do pagamento.

A galera já estava animada e no clima; a mulherada já deixava cair dançando e se exibindo para aqueles que gostam de ver e imaginar o que pode acontecer a seguir, quando estiverem todos nos ambientes íntimos.

Após a tradicional boas vindas para os habitues e os de primeira vez na casa e na festa, explicações e avisos importantes para o bom andamento e funcionamento da casa, anunciamos as atrações da noite deixando todos agitados com o que estaria por vir.

A clareza nas informações, interatividade e descontração são marcas registradas da nossa preocupação em deixar todos sentindo-se em casa.

Abrimos o show de atrações da noite comum artista internacional recém chegado da Europa após uma turnê de meses fazendo shows pelas melhores casa liberais de lá.

Alex Tribal, traz na bagagem toda sua experiência em fazer shows para os públicos mais exigentes e em agradar a mulherada com seu corpo malhado e a ferramenta de trabalho sempre pronta para uso.

O cara deu um show de dança, sensualidade e excitação claramente correspondidas pelas calcinhas de plantão que não paravam de suspirar e gritar durante e até o término do show do nosso artista.

Tanto ele quanto a nossa stripper Bettina Alvarenga, deram ao público presente a oportunidade de interagirem com eles na suas várias passagens pela pista da boate, onde pertinho da galera, distribuíram afagos, sarradas e bolinadas sempre correspondidas e acompanhadas de tiradas de casquinhas deles aos nossos artistas.

Os tarados e taradas sempre esperam por este momento, e aproveitam também para participar do show como coadjuvantes, porém recompensados com momentos de sensualidade fisicamente explicita.
Os mais tímidos observam, mas na maioria das vezes se chamados correspondem de forma positiva e se deixam levar pelo clima e desejo.

A ninfeta que mais parece uma bonequinha, após interagir com homens e mulheres presentes, voltou ao palco para finalizar o show e fazer com que todos ficassem ainda mais excitados e com a libido a flor da pele.

Depois de algumas acrobacias na barra do pole dance, Bettina se dedicou a sensualizar tirando graciosamente cada uma das peças de roupa que ainda cobriam partes de seu corpo tenro e repleto de curvas bem desenhadas.

Os olhares compridos da galera saltavam por sobre o palco, a espera do momento crucial onde a pequena, porém maravilhosa stripper ficasse nua do jeito que veio ao mundo; e ficou, e adoramos!

Na pista os casais, como o casal Geromim, aguardavam a próxima atração curtindo a vive e nos presenteando com imagens repletas da mais pura sensualidade e ousadia.

Enquanto isso, Henrico se preparava para mais um show ao vivo com sua música que passeia por várias épocas e nos faz relembrar os sucessos de ontem, curtir os de hoje e cantar os de sempre.

E ele já chegou chegando, agitando a massa e colocando todo mundo para cantar e dançar com ele um pouco de todos os ritmos, para alegria e satisfação de todos presentes.

Não faltou em seu repertório eclético, o luxuoso acompanhamento em coro da galera enquanto executava o recente "Vai ou Racha" e a atual regravação de "Primeiros Erros" que está bombando com o clip no youtube.

Na parte final do show, também não faltou a brincadeira com as "Henriquetes", mulheres e esposas convidadas para subirem ao palco ao lado de Henrico, que canta suas rimas improvisadas e dedicadas para cada uma delas acompanhando a batida do funk.

Juntas elas dão um show a parte e fazem a total descontração, animação e interação do ambiente e das pessoas que lá estão.

Individualmente, cada uma dessas mulheres maravilhosas nos enchem de tesão, desejo e deleite; bem como, enchem de orgulho os maridos que assistem da pista tudo o que rola ali em cima do palco.

Henrico comanda cada uma delas, rimando frases que as fazem não só participar do show, como se tornarem estrelas, sensualizando diante de todos muitas vezes pela primeira vez, em seu minuto de fama!

A galera vibra, comenta, torce e incentiva cada uma delas e as suas performances, que nos arrebatam a todos com total alegria e desencadeamento de pensamentos libidinosos e sensuais.

A interatividade do momento, permite que todas se falem, se vejam e se olhem de maneira a demonstrar o interesse de que haja algo mais ao final da brincadeira e nos encontros furtivos nos recantos dos ambientes íntimos da casa.

O clima sempre leve e a descontração proporcionada, permite a aproximação dos presentes, mesmo sem a obrigação de que algo aconteça; abrindo um leque de novos conhecimentos e contatos.

Os novatos e iniciantes também se beneficiam deste momento, onde podem relaxar a tenção inicial e interagir com os mais experientes.

A brincadeira segue mesmo enquanto alguns preferem circular pelos ambientes da casa, mas que sempre se rendem a beleza e plástica do momento permanecendo na boate no caminho entre o labirinto e os corredores de suítes, assistindo o que está rolando.

Ao final nossas participantes são sempre muito aplaudidas, bem como os maridos que permitem a participação de suas esposas, para o deleite de nossos olhares sempre gulosos.

O show termina, e deejay Finno reassume o comando da pista com aquele set de funk que elas adoram dançar e balançar os tamborzões.

A festa segue e agora mais apimentada com a maioria da galera buscando o vuco-vuco com mais euforia e vontade, fazendo com que o labirinto seja sempre muito concorrido; enquanto os suspiros e gemidos preenchem os espaços dos corredores de suítes coletivas e privativas.

Circular entre os vários ambientes é uma deliciosa rotina durante na festa, até encontrar quem ou aquilo que se procura, para juntos satisfazerem desejos e vontades.

Após realizar o que se imaginava, parar para papear ou fumar ao ar livre no terraço, bem como voltar para a boate e curtir o clima dos que ainda estão por lá, também faz parte da festa.

Curtir o set de hip hop ou house com seus balanços sensuais, e ainda assistir o shows voluntários das esposas dançando para seus maridos e quem mais queira ver, é também um momento de imenso prazer.

Muitas o fazem pela primeira vez, e se alegram com a possibilidade de realizar esta que é um das mais desejadas fantasias; outras como a experiente Sra. Tatuí, o fazem pelo prazer de nos instigarem, de nos deixar boquiabertos e paralisados diante de tamanha beleza, graça e elegância ao dançar no pole dance.

Aqui cada um curte aquilo que deseja, e faz num conjunto todo o andamento da festa.

Assim neste clima, seguimos madrugada a dentro até a hora de encerrarmos a festa comas pessoas saindo felizes, exaustas, descabeladas e amassadas após uma noite apimentada e cheia de realizações e prazer.

Agradecemos a todos que nos acompanham por longos anos, e aos que chegam para iniciar sua jornada no meio liberal pelo intermédio de nossa festa, graças a confiança destacada e reconhecida pelos muitos que já por aqui.

Deixamos um chamego para os que além da presença, ainda nos permitem fotografar e divulgar seus "nicks" e imagens, o que sempre facilita a interação e nos ajuda a divulgar a festa.

Foram eles os Casais Dinho e Dadi; Disckret, Tatuí, Loira Misteriosa, Chiclete, Chapa Quente, Fênix Bi, Nomade, Solar, Gordinho e Delicia, WE, Fogo RJ, Faz Nada, Fiore, Sweet Sex, Love, Sexy, Ana e Marcos, Iniciantes 33, Smile e Desejo Carioca; Os Solteiros(as) Life Guard, Careca, Totosa, Sapekinha e Penélope Charmosa.

Beijos ardidos

Neste sábado véspera do dia das mães, a Festa É Dando Que Se Recebe, será uma homenagem a todas elas, com muita diversão, alegria e vuco-vuco. Clique na aba com o nome da festa no menu acima desta postagem para maiores informações.

Para os que não vão a festa, acompanhe tudo com a transmissão ao vivo direto da boate a partir das 22 horas pela Rádio Sexo Com Pimenta, parte integrante da comunidade adulta e liberal mais picante da net. www.sexocompimenta.com

2 comentários:

  1. Festa espetacular, adoramos!! Beijos ao delicioso Casal Pimenta.
    Sweetsex

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecemos a presença de vocês queridos Sweetsex, beijos ardidos

      Excluir