segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Niver da Sra. Pimenta parou o swing carioca!! Festa maravilhosa do inicio ao fim, agradecemos as quase 500 pessoas que estiveram presentes! Neste sábado tem a Festa Swing Esperança, vem participar!


Indescritível a festa de aniversário da Sra. Pimenta! Recebemos pouco mais de 500 pessoas numa noite memorável, que superou todas as expectativas de publico, de alegria, de entusiasmo e de vuco-vuco, com total tranquilidade e segurança.

Há cerca de dez anos, transformamos a aniversário da Sra. Pimenta num evento oficial e quase que obrigatório no roteiro do swing carioca; uma festa comentada e aguardada por muita gente que sabe ou ouviu falar da grandiosidade do evento.

Tudo começou quando ela, a aniversariante, topou a idéia de um casal amigo de fazer um stripper para marcar a comemoração, depois implantamos o tão copiado "corredor polonês" onde ao final do stripper ela passa inteiramente nua por um corredor formado pelas pessoas presentes para receber delas os parabéns!

Mais recentemente, a cerca de uns quatro anos pra cá, inserimos na festa a participação de uma atração e shows especiais; criando um formato de evento de alto nível para recebermos e presentearmos as pessoas que desejam estar ao lado da aniversariante mais apimentada do swing.
Mas porque dizer tudo isso?

Apenas para explicar aos que pensam e querem fazer outros pensarem, que tudo isso tem a finalidade de criar uma competição, de disputar clientes ou simplesmente de fazer mais e melhor que os outros organizadores de festas liberais; que fazemos assim pelo simples desejo de agradar aqueles que se programam uma vez no ano para estar ao nosso lado nesta data.

Trata-se do mesmo trabalho e capricho que você tem em organizar uma festa na sua casa, para alguém querido e que você ama, pensando em receber bem e com pompas aqueles que convida para estar contigo.

É por este capricho e carinho que acabamos por trazer não só os que conhecemos, mas também as muitas pessoas que aproveitam a data para nos conhecer de perto e ver como é o nosso trabalho.

Foi e sempre será com esta filosofia de retribuir à altura, o carinho recebido dos milhares de seguidores do Casal Pimenta, que nos esforçamos e nos esforçaremos para fazer sempre algo muito especial nesta data.

E quem foi á festa pode curtir uma noite inesquecível, que começou sob o comando de deejay Finno bombando a pista para os que chegavam animados e cheios de expectativas para a festa que só estava começando.

Henrico abriu os shows da noite, agitando a galera que lotava o salão da boate e os camarotes a sua volta; foi um show vibrante que levou a galera pelos mais variados ritmos e sucessos.

Em meio a multidão na pista da boate, conseguimos levar o bolo até a Sra. Pimenta pela mãos de Penélope Charmosa, com toda a galera cantando em coro o tradicional parabéns à você, para ela e para o Sr. Chocolatier que também comemorava aniversário.

Mesmo neste momento comemorativo, já havia muita gente aproveitando a liberalidade de ter a casa todo funcionando desde sua abertura, para "brincar" e curtir o vuco-vuco que já rolava solto pelos ambientes íntimos.

No terraço, onde montamos um bar para melhor atender os presentes, havia uma boa concentração de fumantes e de resenheiros de plantão.

Na sequência, nossos tequileiros invadem a pista para um show muito picante de tequila hot, executado com maestria por Felipe Brandão e Alê Misteriosa.

A galera entrou com tudo na brincadeira e aproveitaram ao máximo a oportunidade de estarem assim tão juntinhas dos tequileiros mais sensuais do circuito swinger do Rio.

As calcinhas de plantão foram devidamente sacudidas e bolinadas pelo tequileiro, que terminou o show apenas de sunga e boné, e todo marcado pelo contato intenso com elas.

Já os cuecas se deleitaram com a tequileira que não mediu esforços para seduzi-los um a um, a estarem com ela na cadeira ou até mesmo no chão da boate para uma boa tequilada.

Sensualmente vestida, nossa gostosa tequileira não teve que fazer muita força para excitar os marmanjos que toparam ficar em suas mãos por alguns preciosos segundos.

Homens, mulheres, esposas e singles se revezavam no vai e vem frenético das idas e vindas até as cadeiras onde a sedução era ingrediente fundamental regada a uma boa dose de tequila original.

A coisa pegava fogo para ambas as partes na tequila, enquanto os que esperavam a vez de participar vibravam e viajavam nas fantasias criadas subitamente incentivadas pelas cenas ousadas que assistiam.

A música animava ainda mais o ambiente, e o sonoro apito dos tequileiros competia com som dos comentários e risos dos que estavam em volta, criando uma atmosfera alegre e animada.

Do palco assistindo a tudo, aproveitava para destacar a presença dos que nos deram os "nicks" na entrada da festa, falando um a um pelo microfone enquanto rolava a tequila ali na pista.

Anunciei a última rodada de tequila, pois a Banda já estava pronta e a postos para iniciar o show mais aguardado da noite; aproveitando para agradecer a todos integrantes e em especial a Marcos Teixeira líder do grupo.

Uma surra de bunda era dada por nosso tequileira em um dos participantes, que com certeza não reclamou em nada de ter apanhado daquela forma ali na frente de todo mundo, ao contrário, causando inveja em muitos marmanjos.

A brincadeira ia chegando ao seu final, a galera estava quase toda ali espalhada por cada centímetro da pista da boate e ocupando todos os camarotes, enquanto uma outra parte circula pelos ambientes íntimos.

Está é a particularidade da festa, a liberdade de poder escolher onde estar no momento em que achar mais aquedado para o proveito da festa.

Mas a grande maioria estava mesmo ali, aguardando ansiosa os primeiros acordes da Banda Anjos da Noite que ocupou o palco e nossos corações durante pouco mais de uma hora de boa música, num show dinâmico e envolvente.

A galera cantava e dançava com eles cada sucesso, cada música nacional ou internacional que relembrava cada época da vida de todos nós, até os mais recentes sucessos.

A Banda trouxe para a Las Vegas mais de uma centena de quilos de equipamento que garantiram um som impecável, e uma iluminação digna dos maiores palcos. E eles arrasaram novamente, arrancaram risos e lágrimas felizes dos que os acompanharam.

Mas ainda havia mais! Mesmo depois de tantas atrações renomadas, ainda haveria um show amador que mobilizara centenas de pessoas nesta noite de gala do swing carioca.

Ela não é uma stripper, nunca teve esta pretensão, mas capricha no figurino sempre diferente a cada ano, escolhe a música com a alma e ensaia os passos que foram até difíceis de executar no pouco espaço disponível no palco ainda ocupado pelos instrumentos da banda.

E mesmo no auge dos seus quarenta e cinco anos, ela consegue arrastar uma legião de fãs que a admiram, desejam e respeitam.

Tenho a honra e o orgulho de chama-la ao palco mais uma vez, a alegria de ouvir a galera ovacionado a sua chegada, e a satisfação de ver todos aqueles olhares fixos e arregalados para não perder um só detalhes daquele momento tão aguardado.

Ela desce a rampa que leva até o palco acompanhada pelos primeiros acordes da música que escolheu para nos brindar nesta noite tão aguardada, e quando chega ao centro do palco segurando a barra do pole dance leva a galera ao delírio.

Após pouco menos de uma ano, acontece ali mais um show da Sra. Pimenta.

Ela dança, tão graciosa como da primeira vez que o fez; o corpo em forma e malhado, a cintura fina e as curvas protuberantes hipnotizam a todos os presentes que esperam poder ver cada vez mais.

É possível ouvir o silencio nas centenas de lábios, por entre as notas da música que embala seu corpo em movimentos sensuais, e ver os olhares cumpridos quase que querendo toca-la ao menos que levemente.

Ela tira uma e mais outra peça de roupa que a cobre, deixando pouco a pouco mostrar as partes mais desejadas e cobiçadas por seus admiradores e pelos que a vêem pela primeira vez assim desinibidamente.

O seu jeito meigo de menina e os movimentos suaves conquistam a atenção de todos, e a faz ganhar cada vez mais fãs; a galera acompanha tudo, ninguém ousa sair do lugar, e até os incautos que vinham dos corredores de suítes rumo ao labirinto ao lado da boate, param assim que a avistam no palco da Las Vegas.

A esta altura do show ela veste apenas o body preto todo rendado, que faz contraste com sua pele branca e alva, aguçando ainda mais a curiosidade do que estaria por baixo daqueles fios. O mais interessados forçam a vista, e apelam para a imaginação tentando enxergar o que lhes é de interesse entre um ou outro movimento.

A música vai terminando, o show vai chegando ao final, um clima de suspense paira no ar a espera do momento em que a Sra. Pimenta tiraria aquela malha de fios pretos que escondia o que tanto se esperava ver.

Muitos já se davam por satisfeitos diante de cada curva e do belo corpo que podiam ver, moldado quase que livremente pelo emaranhado de fios que dubiamente a cobria ou a mostrava, dependendo da forma de interpretação de cada um.

A música termina, ela joga a cabeça para baixo em forma de agradecimento aos aplausos que começam a ser ouvidos por toda a boate.

A galera vibra, aplaude assobia, e canta em coro, tira... tira... tira...
Subo ao palco para parabeniza-la com um abraço e um beijo, agradeço a todos e informo que vamos iniciar o corredor polonês.

A galera se agita, que está nos camarotes começa a descer para a pista da boate; o coro de tira... tira... aumenta, peço a ajuda dos homens presentes para desce-la por cima do palco.

Realmente não estava combinado dela tirar tudo. Mas quando olho para o lado me surpreendo em vê-la tirando o body rendado atendendo assim o clamor do pedido de todos os presentes.

A galera vem abaixo, aplausos e gritos de alegria ovacionam a sua decisão de tirar tudo e ficar nua do jeito que veio ao mundo para passar por entre o corredor humano que eles formavam lá na pista da boate.

Vários homens se prontificaram em segura-la para desce-la do palco, e rapidamente lá estava ela, linda, desinibida e feliz entre todos aqueles que se aglomeravam para parabeniza-la por mais uma aniversário.

Mais uma vez só nos resta agradecer por todo esse carinho, pela presença de cada um, pelo esforço que muitos fizeram vencendo problemas particulares e até enfermidades para estar ali neste momento tão especial para todos nós.

Foram eles os Casais Marido e Esposa, Ancel, Infinito, Liulu, Sexy Dreams, Iniciantes 33, Diskret, Luana e Davi, Ardente, SilvaMJSantos, Chiclete, Maneiro, Chupa Que é de Uva, Smile, Uirapuãn, Baiano e Carioca, Brilhante, Gonçalves, Amor e Sexo, CM-RJ, Exibicionista, 3326, Larinha e Digo, Perfumado, Peixe, Nosso Jeito, Surpresa de Chocolate, Prazer 1, Bello, Maduro e Maysa, Atlantida, Par Perfeito, Leão 2015, Negro, Chocolatier, Tudo Dentro, Tatuí, Delicia 2014, Joy JFPP, Legal Rio, Parati, Raissa e Negão, Fami, Morbran, LC, Forever Nit, Brós, NT MK, 50, Danadinho, Chapa Quente, Meio a Meio, Sexy, Fulgaz, Vai ou Racha, FM, Fabi e Alex, Ciumento, RealKasalRJ, Nós e Todo Mundo, Lasac, Helen e Robinho, Safadinho Bangu, Preto e Preta, Sema, Alma Gêmea e Fênix Bi; Os Solteiros(as) Praieiro, Marco Judo, Tarzan, Marcinho FJV, Robertinho, Escuro, Segurança com Sexo, Betão, Cauê, Elias Paris, Gostosa Atentada, Kika, Sapekinha, Lu e Penélope Charmosa.

Beijos ardidos

Ufa!! Para este sábado 15/8 em ritmo da campanha criança esperança, vamos fazer a Festa Swing Esperança que vai ajudar você a realizar suas fantasias mais secretas. Para maiores informações clique na aba com o nome da festa no menu acima desta postagem.

Veja também a aba para baixar nosso aplicativo para celular e participar do programa de fidelidade para ganhar entrada grátis e com desconto para a festa, basta baixar e navegar pelo menu do aplicativo, tudo explicado de forma calara e simples.

Lembrando que todo sábado transmitimos a festa ao vivo, direto da boate a partir das 22 horas pela Rádio Sexo Com Pimenta parte integrante da rede social adulta e liberal mais picante da net.
www.sexocompimenta.com




Nenhum comentário:

Postar um comentário